Invasão da Casa Andresen

Vários

Um livro com muito lá dentro e muito fora da caixa

Esta coletânea de escritores e de ilustradores reúne autores novos e consagrados num manancial de ecos da invasão da Casa.

Depois da Invasão. Primeiro, os animais invadiram a casa. Vieram de todos os continentes quando souberam do Museu da Biodiversidade, que tornará realidade o sonho literário de Sophia de Mello Breyner Andresen, quando fala, no conto Saga do «enorme átrio para o qual davam todas as salas e no qual, como dizia Hans, se poderia armar o esqueleto da baleia que há anos repousava, empacotado em numerosos volumes, nas caves da Faculdade de Ciências» da Universidade do Porto.

A invasão atraiu a curiosidade de muita gente, de todas as idades, feitos e medidas. Que explorou o interior invadido da casa com lanternas capazes de revelar e ao mesmo tempo manter o mistério: formas, cores, texturas, expressões, sons, movimentos, cenas, foram o mote para ver, rever, dialogar, aprender. A ocupação manteve-se durante meses sem que os animais arredassem pé ou dessem sinal de desistência. Até que foram persuadidos a regressar, para permitir a continuação dos trabalhos na casa.

Uma exposição fica para sempre, através de quem nela se envolveu, independentemente do papel que lhe coube. Resulta da memória coletiva que, por sua vez, dela sai reforçada. Se os sonhos se tornam realidade, também a realidade se prolonga em sonhos.

E os livros são daqueles objetos que melhor disto entendem. A invasão foi pretexto, lugar e tema de evasões, inspirando autores da ilustração e da literatura que corresponderam com entusiasmo ao desafio. À sua pronta disponibilidade, um agradecimento feliz.

24×26 cm / caixa dura / 55 folhas soltas

 

Preço: 24€

Outros livros