Casa da Cerca

António Portugal + Manuel Maria Reis

Um livro com uma Biblioteca e um Arquivo dentro.

Este livro trata da adaptação da Casa da Cerca a Biblioteca e Arquivo Municipal de Amarante, obra de autoria dos arquitetos António Portugal e Manuel Maria Reis. No texto introdutório, intitulado “Um lugar aberto na «Casa da Cerca»”, Dominique Machabert, que tem escrito sobre arquitetura portuguesa, oferece-nos uma re-visão da obra. Algumas das suas palavras:

“Destinado a albergar a Biblioteca e Arquivo Municipal, este património à espera de afectação foi objeto de concurso em 1994, ganho por António Portugal e Manuel Maria Reis. Criar algo de novo respeitando os elementos significativos do antigo, já conhecemos a cantiga. Dito isto, a propaganda patrimonial transforma-se por vezes em excesso e acontece que o antigo dita as suas razões como se fosse Rei. Neste caso o edifício, morfologicamente e historicamente ligado ao conjunto muito compacto do convento masculino e da igreja, em baixo, tem por valor essencial o ser uma peça nevrálgica nas escarpas onde foi edificado o centro histórico. Sabíamos A. Portugal e M. M. Reis bons arquitectos, entre os mais prometedores da sua geração, mas «picuinhas», um tanto obcecados pelo detalhe e pelo serviço bem feito, impecável ao ponto de sentir de mais. Mas eis que assinam em Amarante um trabalho exemplar, cheio de inteligência e de uma autêntica modéstia.”

O livro conta ainda com um texto da autoria de Ricardo Teixeira, intitulado «História e arqueologia no projeto de adaptação do edifício» e um texto dos arquitetos que nos dá conta de todo o projeto, ponto por ponto. A visita guiada é reforçada pelas fotografias. Finalmente, os desenhos técnicos completam esta incursão no livro e na obra.

24×28 cm / capa mole / 64 páginas

Preço: 20€

Outros livros