A vida das histórias

Vários + Gémeo Luís

Um livro de vida, um livro devido.

 A História Devida começou por ser um programa de rádio da Antena 1/RDP. Apresentado por nós, Miguel Guilherme, Nuno Artur Silva e Inês Fonseca Santos, o programa baseava-se num conceito posto em prática por Paul Auster nos Estados Unidos da América. A ideia passava por pedir aos ouvintes da RDP que enviassem as suas próprias histórias para que o Miguel Guilherme as lesse em antena.

As histórias que recebemos, ao longo de três anos na rádio, transformaram o programa num projeto mais abrangente – um projeto nacional de histórias, tal como Auster lhe chamou nos estados unidos. Conseguimos traçar um mapa de histórias que unem pessoas de Norte a Sul do país (e, às vezes, do mundo), através das suas memórias e recordações. Uma das pessoas que connosco partilharam um episódio da sua vida foi a Rita Pimenta. A Rita escreveu «à procura de Macas de Casal», uma das histórias mais bonitas que tivemos a oportunidade de ler no programa de rádio. Gostávamos tanto dela que voltámos a selecioná-la para um dos encontros d´A História Devida, no Tivoli, em Lisboa. Depois, tivemos a melhor surpresa: a Rita fez-nos uma proposta irrecusável. Como trabalha no Jornal Público, teve a ideia de publicar semanalmente, na Revista Pública, uma das histórias escolhidas para ser lida na rádio.

E foi assim que, ao longo de cerca de cinco meses, à história que passava em antena à sexta-feira e que ao domingo saía na Pública, foi acrescentada uma ilustração de Gémeo Luís. Ou seja, uma outra história. São esses cinco meses de histórias partilhadas que estão neste livro – histórias que circularam entre quem teve a coragem de as escrever e nós, a nossa equipa temporariamente alargada: para além de nós os três e do António Santos, produtor d´A História Devida na rádio e responsável pela montagem das histórias transmitidas, a Rita Pimenta, uma ajuda fundamental na selecção e edição dos textos na Pública, e o Gémeo Luís, um outro generoso contador de histórias, capaz de prolongar esses vinte e seis episódios de vida que ilustrou.

Vinte e seis mais duas, na realidade: a história da Rita Pimenta e uma outra história com história que, entretanto, se cruzou no nosso caminho. Nos primeiros tempos do programa de rádio, convidámos pessoas nossas amigas e conhecidas do público a escreverem-nos o texto. O João Paulo Cotrim foi uma delas. Enviou-nos «Desportos Radicais», história lida em Dezembro de 2005. Por coincidência, quase três anos depois, quando o Gémeo Luís quis publicar as histórias que ilustrou, cruzou-se com o João, que com ele partilhou os seus «Desportos Radicais» – uma história que já merecia ser prolongada pelos traços de uma ilustração e que surge aqui, assinalando essa outra etapa d´A História Devida contada com as histórias dos nossos amigos.

16,5×13,5 cm / caixa / 28 desdobráveis

Preço: 15€

Outros livros