Meia Bola

Manuela Barros Ferreira + André Carvalho

Um livro onde se entrevista uma meia inteira.

Meia Palavra em Três Letras sobre um Livro Inteiro.

Xis foi um repórter assim baptizado em serviço. Mas, quando nasceu, o Repórter Xis deste livro não conhecia o outro. Tanto melhor: a distância não é mais do que a grande residência da proximidade. E, se ao jogo são bem-vindos até os acasos, quem é que resiste a uma coincidência feliz?

Quando o Repórter Xis, o outro, nos deixou, Manuela tinha apenas três anos. E também veio a ser jornalista. E locutora. Longe daqui. Digo veio a ser, no modo de ser que se estende pelo passado, presente e futuro de uma vida inteira. Pois parece que nunca deixou as entrevistas, as literais e as literárias e que passa o tempo a entre-avistar-se: entre e através de quem a rodeia, escrevendo histórias curtas que nem chega a editar., que lê e dá a ler mesmo antes de as escrever.

O que chega às mãos do leitor é sempre um livro, um objecto. Que tem de concentrar-se naquilo que quer ser, antes de o ser. Ora, este ser reside, sem discussão, na importância de tudo o que é feito: este é o lembrete geral que o editor e director de arte deste livro usa sobre a mesa, entre um mar de anotações para o pôr em prática. Este livro queria ser lido inteiro e conseguiu-o. Letras e imagem concorrem para imergir o leitor num só texto. Ao nível da ilustração, os designers convidados, auto-intitulados «jaquinzinhos», dizem que este peixe «faz bem ao estômago», que «nunca ninguém se engasgou» com ele e que «nunca sobra no prato». É também assim que vejo este livro.

E.R, apresentação

16×16 cm / capa dura / 32 páginas

Preço: 10€

Outros livros